"Não tenha pressa, avance devagar" - Florentino Fagundes

TEXTOS RECENTES

 

Agricultor

Cabeça oca que tenho, como aceitei casar? Adoro as mulheres, não consigo viver sozinho.
Leia MaisAgricultor

O Galo

Aí eu tive a ideia, vou manipular o galinheiro
Leia MaisO Galo

Mão Limpa

Fiquei remoendo a solidão da minha dúvida: o que tenho afinal nas mãos, uma batata quente das grandes ou arcabouço de um trote bem bolado?
Leia MaisMão Limpa

Estava Decidido

Como se louvasse minha lentidão, aguardou passivamente meus últimos tec, tec
Leia MaisEstava Decidido

Vi Tudo

Parecia enjaulado em si mesmo
Leia MaisVi Tudo

Amizade ou Provocação

...tenta uma relação impossível, por conta do vitral que me enclausura e nos separa ...
Leia MaisAmizade ou Provocação

Tonico parte III

No final, a natureza vence
Leia MaisTonico parte III

Tonico parte II

Viverei em cada leitura que houver, tomara sejam muitas
Leia MaisTonico parte II

Tonico parte I

Utilizava a figura do criador para toda finalidade ... mas ateu, ateu mesmo, nunca fui. Deus há de ser testemunha.
Leia MaisTonico parte I

Comunicado

Pandemia causada pelo Coronavírus tem nos ensinado a importância da partilha
Leia MaisComunicado

Delírios Banais

Submerso em delírios banais, eu fugi da realidade assustadora.
Leia MaisDelírios Banais

União e Divergências

Ele tentou condicionar a fraqueza do homem à beleza feminina
Leia MaisUnião e Divergências
Florentino Augusto Fagundes escritor

SOBRE

 
 

Florentino Augusto Fagundes, filho e neto de paranaenses, nasceu em Ribeira SP em 7 de fevereiro de 1961.

Graduou-se em Matemática, cursou especialização em Engenharia da Qualidade, concluiu mestrado e doutorado em Engenharia Mecânica, tudo isso na Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUCPR, onde é professor desde 1995. Além de trabalhar no comércio, foi bancário e empresário. Casado, é pai de um casal de filhos.

Assumiu oficialmente a condição de escritor, ao publicar a crônica “O Crânio” em sua página no Facebook no dia 2 de outubro de 2015.

 
Saiba Mais
logo

LIVROS EM OFERTA

 
Comprar livros com desconto

LIVROS QUE EU RECOMENDO

 

* Clique na imagem para comprar.

prêmios

PRÊMIOS

 

Prêmio Banestado
Categoria Contos, Banco do Estado do Paraná S.A., 1989.

 

Prêmio Paulo Leminski
Categoria Contos, Prefeitura Municipal de Toledo, 1991.

 

OBRAS PUBLICADAS

 
6838

Profunda Identidade

COMPRAR
5961

Segredos de Nair

COMPRAR
5963

A Primeira Pedra

COMPRAR

SIGA-ME NAS REDES SOCIAIS E FIQUE POR DENTRO DE NOVAS CRIAÇÕES

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES