"Não tenha pressa, avance devagar" - Florentino Fagundes

OBRAS PUBLICADAS

 
6838

Profunda Identidade

COMPRAR
5961

Segredos de Nair

COMPRAR
5963

A Primeira Pedra

COMPRAR

TEXTOS RECENTES

 

Educação Financeira para todos

Leitora amiga, leitor amigo. Acompanhe um artigo meu publicado na Gazeta do Povo por meio do link seguinte Educação financeira para todos (gazetadopovo.com.br) Leia [...]
Leia MaisEducação Financeira para todos

Eis que o Gato Voltou

E desta vez, chegou perto e ali ficou, esparramado no chão durante minhas voltas na garagem. Pareceu inclusive mais manso, humilde e relaxado. Senhor de si porém, [...]
Leia MaisEis que o Gato Voltou

Eu Voltarei

Amiga leitora, amigo leitor Não esqueci você. Em breve volto com as publicações regulares. Enquanto isso, acesse os textos mais antigos, são mais de duzentos a sua [...]
Leia MaisEu Voltarei

Dores Latejantes

Roque faltava ao trabalho com frequência, alegando dores no corpo inteiro. Enforcava o expediente para visita médica, desguarnecendo a repartição. Os colegas [...]
Leia MaisDores Latejantes

Anaor e o Espelho

Anaor deixou depois de grande a sua terra e todo o resto para trás, indo habitar lugar distante. Largou tudo por soberana vontade ou foi expulso por capricho de [...]
Leia MaisAnaor e o Espelho

A Cartomante e o Especialista

Amiga leitora, amigo leitor: acompanhe pelo link abaixo um artigo meu publicado na Gazeta do Povo A cartomante e o especialista (gazetadopovo.com.br) Boa leitura! [...]
Leia MaisA Cartomante e o Especialista

O Desejo

Todos admiravam o acervo considerável do Ivo, exceto o Lobo. A coleção de computadores e periféricos do Ivo não parava de crescer, numa velocidade insana e frenética [...]
Leia MaisO Desejo

A Última Coleção

Não posso lhe garantir, mas acredito piamente ter arrematado a última Barsa. Foi um ato consciente, inclusive me apressei, antes que acabasse tudo de uma vez. Veja [...]
Leia MaisA Última Coleção

Tempos Difíceis

Foi minha primeira crise, por isso lembro dela tão bem. Depois vieram outras, de modo que a memória se perde na sucessão de toda espécie de transtorno, uns mais [...]
Leia MaisTempos Difíceis

Caiu de maduro

Barulho abafado, escutei porque foi perto. De tão perto, quase fui atingido. Parecia em movimento quando olhei, mas deve ser impressão, se acomodou em terreno plano. [...]
Leia MaisCaiu de maduro

O Chuchu Salvando o Tédio

Uma pequena satisfação destes longos dias de isolamento, é colher chuchu. Lá fora o Covid segue fazendo vítima, aqui do outro lado da cerca, vou em busca da comida. [...]
Leia MaisO Chuchu Salvando o Tédio

O Faz Tudo

Vou confessar um defeito. Não tenho inclinação para reparos domésticos, tipo ajustar porta emperrada ou vedar torneira pingando. Ferramenta eu tenho, estojo grande [...]
Leia MaisO Faz Tudo

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

Florentino Augusto Fagundes escritor

SOBRE

 
 

Florentino Augusto Fagundes, filho e neto de paranaenses, nasceu em Ribeira SP em 7 de fevereiro de 1961.

Graduou-se em Matemática, cursou especialização em Engenharia da Qualidade, concluiu mestrado e doutorado em Engenharia Mecânica, tudo isso na Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUCPR, onde é professor desde 1995. Além de trabalhar no comércio, foi bancário e empresário. Casado, é pai de um casal de filhos.

Assumiu oficialmente a condição de escritor, ao publicar a crônica “O Crânio” em sua página no Facebook no dia 2 de outubro de 2015.

 
Saiba Mais
logo

COMPRE MEUS LIVROS NA AMAZON

 
Comprar livros com desconto
prêmios

PRÊMIOS

 

Prêmio Banestado
Categoria Contos, Banco do Estado do Paraná S.A., 1989.

 

Prêmio Paulo Leminski
Categoria Contos, Prefeitura Municipal de Toledo, 1991.

 

SIGA-ME NAS REDES SOCIAIS E FIQUE POR DENTRO DE NOVAS CRIAÇÕES