"Não tenha pressa, avance devagar" - Florentino Fagundes

TEXTOS RECENTES

 

O Furo

O Furo   No século passado, aprendi que a matéria expande, quando a temperatura aumenta. Tal fenômeno tinha nome: expansão térmica. O professor seguiu [...]
Leia MaisO Furo

A Sina

Artigo meu publicado na Gazeta do Povo  Boa Leitura https://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/onu-a-sina/
Leia MaisA Sina

O Tocador

Delicioso prazer de transgredir
Leia MaisO Tocador

Segredos do Lugar

Seja o que for que lhe traz aqui, é de meu interesse saber
Leia MaisSegredos do Lugar

Continência

Na ocasião específica, juro, não foi indisciplina
Leia MaisContinência

O Banquete

Viva a alegria do porco
Leia MaisO Banquete

Dupla

Dupla satisfação em tempos difíceis
Leia MaisDupla

Dormir, Santo Remédio

Fazer o que, plano perfeito não existe
Leia MaisDormir, Santo Remédio

A Morte da Política

Compartilho artigo meu publicado na Gazeta do Povo. Já adianto com isso a publicação da próxima quarta-feira, 22 de julho. Boa leitura [...]
Leia MaisA Morte da Política

A Misteriosa Mulher do Lago

Perseguido por dúvidas, decidi falar com ela
Leia MaisA Misteriosa Mulher do Lago

A Lista

Farejei no fim do estoque uma ardilosa oportunidade de escapar do cativeiro
Leia MaisA Lista

Vergílio

De que serve a riqueza que não circula? Vergílio, um ser completamente incomum
Leia MaisVergílio
Florentino Augusto Fagundes escritor

SOBRE

 
 

Florentino Augusto Fagundes, filho e neto de paranaenses, nasceu em Ribeira SP em 7 de fevereiro de 1961.

Graduou-se em Matemática, cursou especialização em Engenharia da Qualidade, concluiu mestrado e doutorado em Engenharia Mecânica, tudo isso na Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUCPR, onde é professor desde 1995. Além de trabalhar no comércio, foi bancário e empresário. Casado, é pai de um casal de filhos.

Assumiu oficialmente a condição de escritor, ao publicar a crônica “O Crânio” em sua página no Facebook no dia 2 de outubro de 2015.

 
Saiba Mais
logo

LIVROS EM OFERTA

 
Comprar livros com desconto

LIVROS QUE EU RECOMENDO

 

* Clique na imagem para comprar.

prêmios

PRÊMIOS

 

Prêmio Banestado
Categoria Contos, Banco do Estado do Paraná S.A., 1989.

 

Prêmio Paulo Leminski
Categoria Contos, Prefeitura Municipal de Toledo, 1991.

 

OBRAS PUBLICADAS

 
6838

Profunda Identidade

COMPRAR
5961

Segredos de Nair

COMPRAR
5963

A Primeira Pedra

COMPRAR

SIGA-ME NAS REDES SOCIAIS E FIQUE POR DENTRO DE NOVAS CRIAÇÕES

INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES